Sala alta de 5 metros é uma tendência na construção de casas?

Parece que há uma tendência muito forte hoje de construir a sala mais alta do que as demais dependências da casa. Sala alta de 5 metros é uma tendência na construção de casas?

 

Se levarmos em consideração as construções atuais de padrão médio ou de alto padrão é possível concluir que existe sim uma tendência muito forte no uso do pé direito alto para a sala das casas. Em alguns casos é possível encontrarmos o chamado pé direito duplo normalmente em casas do tipo sobrado e mesmo nas casas térreas é comum encontrarmos a sala um pouco mais elevada do que os demais cômodos.

Pé direito alto

Pé direito é uma medida que se faz de uma parede iniciando a partir do piso até o término do teto e portanto do ponto de vista prático ela pode ser considerada como a altura total de uma parede. Normalmente usa se 3 metros para as paredes das residências, mas no caso da sala algumas construções atuais têm optado por pé direito de 5 metros fazendo assim um ambiente um pouco mais elevado do que os demais cômodos da casa. Esta é uma estratégia de arquitetura que é muito empregada nas construções e padrões médio ou alto padrão.

Pé direito duplo

No caso de construções do tipo sobrado é comum as pessoas também optarem pelo chamado pé direito duplo, neste caso a sala teria a altura total do sobrado, criando assim um ambiente mais imponente e esteticamente agradável. É um recurso de arquitetura bastante usado em construções de padrões mais elevados, mas que é muito bem aceito no mercado também.

Vantagens do pé direito alto na sala

Uma sala com pé direito de 5 metros por exemplo é uma alternativa interessante para criar um ambiente harmônico e esteticamente diferenciado do restante da casa. Ainda que seja apenas um recurso estético e arquitetônico, ele é ideal para quem quer por exemplo colocar um lustre ou criar um ambiente mais vasto e dando a sensação de ser inclusive maior. Os bons projetos de arquitetura conseguem trabalhar muito bem com essa estratégia é o resultado final é muito interessante, embora demanda um pouco mais o custo para fazer todo esse diferencial, já que envolve mais mão de obra e materiais de construção. Contudo não chega a ser um aumento muito significativo se considerar o custo total do projeto.

 


Veja também

2015-2016 | Financiamento e Construção | Política de Privacidade | Em Jesus nós confiamos