O que são tomadas e interruptores e para que eles servem?

Em uma construção civil o que são tomadas elétricas eu também interruptores? Para que eles servem e qual a importância que existem dentro de uma construção, bem como melhor uso de tomada e interruptor em uma casa.

 

Tomadas e interruptores são dispositivos do projeto elétrico de uma casa e eles têm fundamental importância no uso e distribuição da energia elétrica dentro da casa, bem com traz um impacto muito grande na usabilidade do imóvel e no conforto que a energia elétrica pode proporcionar aos moradores de uma casa. Portanto o planejamento e o uso correto de tomadas e interruptores é de vital importância para permitir que é usabilidade do imóvel possa ser alcançada com eficiência.

Tomadas

As tomadas são os meios nos quais a energia elétrica é distribuída dentro do imóvel para que seja ligado aparelhos eletroeletrônicos, eletrodomésticos e outros dispositivos elétricos que é uma pessoa possa ter dentro de sua casa. As tomadas podem ser de 110 ou 220 volts dependendo da necessidade e do aparelho que você pretende ligar ali. Alguns equipamentos exigem obrigatoriamente o uso de tomadas 220 como é o caso do ar condicionado e outros aparelhos elétricos. Na região sudeste do Brasil é comum usarmos as tomadas 110 para quase toda a casa e usar 220 em situações específicas.

Interruptores

Os interruptores são pontos de contato para ativação de lâmpadas dentro do imóvel, através dele que é possível acender e apagar as luzes e portanto vale muito o posicionamento que eles têm dentro de cada cômodo, sendo o mais comum a sua colocação na entrada do cômodo ou em um local de fácil acesso para que seja ativado e desativado uma lâmpada com facilidade por qualquer pessoa.

Uma característica das tomadas e interruptores é o aproveitamento do ponto de energia e neste caso é comum colocar tomadas e interruptores juntos, isto quando não se coloca tomadas duplas ou interruptores duplos para permitir o aproveitamento do ponto de acesso de energia elétrica naquele local.

 


Veja também

2015-2016 | Financiamento e Construção | Política de Privacidade | Em Jesus nós confiamos