O pé direito em uma casa, o que é e qual sua importância?

O que significa o termo de direitos em uma casa e qual é sua importância na definição do projeto na construção e principalmente os efeitos práticos que ele traz para uma casa depois de pronta para o uso?

 

O termo pé direito em uma expressão é usada na construção civil para indicar a altura de uma parede e ela é contada a partir do piso até o final da parede na parte superior. É uma expressão usada para efeitos de projeto, também durante a condução para orientar os pedreiros e construtores na elaboração das paredes da casa e a sua finalidade é estabelecer a altura da parede de uma casa.

Efeitos práticos

O pé direito tem uma importância significativa no conceito de moradia que aquela casa terá. Se você usar um pé direito muito baixo poderá ter problemas com aquecimento e tornar um ambiente um pouco abafado, sem contar que perderá espaço vertical e trará uma sensação desagradável termos de moradia. O pé direito excessivamente alto pode ser útil em algumas situações, mas na maioria das pessoas não significa nenhum tipo de ganho já que dificultaria também a limpeza, troca de lâmpadas e claro seria mais caro a construção de uma casa com pé direito muito alto.

Altura ideal do pé direito

Atualmente boa parte das construções considera três metros como sendo o pé direito ideal, embora alguns casos esteja um pouquinho abaixo disso ainda assim não pode ser considerado baixo, sendo o ideal valores próximos de 3 metros, podendo oscilar um pouquinho mais um pouquinho a menos. Mas algumas pessoas gostam de fazer alguns cômodos da casa como a sala, por exemplo, com o pé direito mais alto de 4 ou 5 metros de altura. Esta abordagem é estética é visa criar um ambiente diferenciado do ponto de vista arquitetônico em relação às demais dependências da casa. Pode ser útil para a colocação de um lustre mais imponente e como criar um ambiente mais vasto que dê a impressão de amplitude.

O direito duplo

Em construções do estilo sobrado é comum as pessoas utilizarem o chamado pé direito duplo na sala, por exemplo. Nesse caso as demais partes da casa têm dois andares, mas a sala ocuparia todo o espaço dos dois andares criando uma integração entre os dois pavimentos da casa.

Esta abordagem tem como vantagem criar um efeito estético de sobrado para quem olha para a frente da casa, mas internamente e para o restante dela, continua sendo uma casa térrea normal, desta forma aproveita-se o aspecto visual de sobrado e a praticidade de uma casa comum.

 


Veja também

2015-2016 | Financiamento e Construção | Política de Privacidade | Em Jesus nós confiamos