Financiamento habitacional. Juros, prazo, prestação, entre outros

Veja nessa dica alguns dos principais pontos que você precisa saber a cerca do financiamento habitacional. Prazo de pagamento, taxa de juros, aprovação, lista de documentos, entre outros.

 

Muitas são as dúvidas que uma pessoa poderá ter acerca de um financiamento habitacional como a taxa de juros, prazo de pagamento, valor das prestações, processo de avaliação do imóvel, entre outras coisas relacionadas a ele. Veja abaixo um apanhado das questões mais importantes sobre o assunto.

Taxa de juros

Os juros cobrados em um financiamento habitacional estão entre os mais baixos no Brasil, mas ainda assim eles variam muito de caso para caso. No programa Minha Casa Minha Vida, por exemplo, eles ficam em torno de 4.5% ao ano, mas nos demais casos podem chegar a 8.5% ao ano ou até mais que isso.

Prazo de pagamento

O prazo é bem extenso e pode chegar a 420 meses ou 35 anos. É muito tempo para pagar um financiamento e é preciso pensar bem antes de fazer, pois 35 anos é quase uma vida. Embora você possa fazer em um prazo menor.

Valor da prestação

O valor da prestação de um financiamento habitacional é calculado levando em consideração a renda da pessoa e a prestação não poderá exceder 30% da renda familiar comprovada.

Comprovação de renda

Neste caso a Caixa utiliza o que chamamos de renda familiar onde é possível juntar os rendimentos de todas as pessoas da casa e assim compor uma renda maior. Após comprovado, ela será usada como parâmetro para a formação do valor da prestação, conforme mostrado acima.

Documentação

Do comprador é exigido bastante documentação como CPF, RG, Comprovante de Renda, de endereço e várias certidões negativas. Do vendedor e do imóvel também é exigido, inclusive uma matrícula atualizada do imóvel que precisa ser solicitada em cartório.

Processo de avaliação e aprovação

Pode levar de algumas semanas e meses, isto poderá variar muito de caso para caso, mas não é um processo rápido. Durante este processo o engenheiro da Caixa irá até o imóvel para uma vistoria e se alguma documentação estiver incompleta ou com problemas, a Caixa irá notificar sobre este fato.

 


Veja também

2015-2016 | Financiamento e Construção | Política de Privacidade | Em Jesus nós confiamos