Financiamento de imóveis novos e usados é a mesma coisa? Há diferenças?

Ao financiar uma casa ou apartamento, existe diferença entre imóveis novos e usados? A taxa de juros, prazo para pagamento, processo de avaliação do imóvel e outros itens são os mesmos?

 

Na Caixa Econômica Federal de outros bancos brasileiros é possível financiar tanto imóvel novo como um imóvel usado e a princípio não há muitas diferenças entre os dois processos de crédito habitacional, contudo quando observamos com mais cuidado é possível perceber algumas diferenças que talvez não mude muita coisa mas pode ser mais significativos em casos específicos. Alguns detalhes abaixo a respeito das diferenças relativas a esses dois tipos de crédito habitacional.

Disponibilidade

O primeiro deles está relacionado à disponibilidade de seus imóveis, pois normalmente é mais fácil você financiar um imóvel novo pelo fato de existirem números de empreendimentos que são erguidos constantemente com o objetivo de oferecer alternativas de compra consequentemente de financiamento. Embora existam inúmeros imóveis usados para venda, é preciso considerar que nem todos são aptos para servir de garantia no caso de financiamento e portanto a lista diminui bastante quando você observa este detalhe.

Documentação

O segundo ponto importante a observar que é que muitos imóveis antigos tem problema de documentação, como falta de documentos relativos à própria construção, inventário, problemas com justiça trabalhista, Receita Federal, entre outros. No caso dos imóveis novos, embora seja possível tudo isso, normalmente um empreendimento novo tem menos chance de você ter problemas de documentação.

Condição do imóvel

Outro ponto importante observar que o imóvel precisa ter condições físicas para servir de garantia para um financiamento de longo prazo como é o caso. Logo se uma casa ou apartamento muito antigo e não oferecer boa estrutura, certamente não passará na avaliação que o engenheiro da Caixa faz nesses casos. Coisa que não acontece com imóveis novos, especialmente se ele for de um condomínio de casas ou apartamentos que tem que passar por um processo rigoroso de aprovação na prefeitura.

Taxa de juros e outras burocracias

Antigamente havia uma diferença na taxa de juros entre móveis novos e usados, mas pelo menos pelas informações disponíveis no simulador da caixa, parece que essa diferença não existe mais. Os demais itens como prazo, comprovação de renda e outras burocracias típicas dos financiamentos, creio que o processo seja bastante parecido para os dois casos.

 


Veja também

2015-2016 | Financiamento e Construção | Política de Privacidade | Em Jesus nós confiamos