Financiamento de casas usadas pela Caixa Econômica Federal

Como funciona o financiamento de casas usadas pela Caixa Econômica Federal? É possível fazer este tipo de financiamento e tem alguma diferença para casa nova?

 

A Caixa Econômica Federal é um banco que tem maior histórico de financiamento de imóveis no Brasil, isto se aplica tanto a casas, o apartamento, terrenos, entre outros tipos de imóveis sejam eles novos ou usados. Sobre a diferença de financiamento de casas novas ou usada, a princípio não há muita diferença quanto a burocracia, documentação exigida, critérios para o financiamento e provavelmente taxa de juros e outras despesas embutidas no financiamento habitacional. Então em um primeiro momento eu diria que tanto faz financiar um imóvel novo como usado, mas se analisarmos com mais detalhes veremos o que pode haver algumas diferenças sim.

Financiamento de casas novas e usadas

Acredito que uma diferença que possa existir está relacionada ao processo de aprovação do imóvel para o financiamento, afinal, durante o processo de aprovação do financiamento o imóvel passa por uma vistoria de um engenheiro da Caixa com a finalidade de garantir que o mesmo possa ser financiado e que ofereça condições para tal. Eu não sei ao certo quais os critérios que eles usam para aprovar ou não um imóvel, mas acredito que esta análise do engenheiro leve em conta as condições estruturais do imóvel, pode ser inclusive a idade do mesmo e naturalmente as condições que elas se encontram para moradia e consequentemente a vida útil que ele ainda poderá ter. Se você está financiando um imóvel usado em 42 anos, é natural acreditar que este imóvel precisa sobreviver pelo menos quarenta e dois anos que é o período do financiamento.

Aprovação de casas usadas

Então acredito que uma casa usada passa a ter mais problemas para ser aprovado em um financiamento pela Caixa do que um imóvel novo. Contudo isto não significa que uma casa usada não seja aprovada facilmente, eu pelo menos comprei uma casa e financiei pela Caixa e depois de algum tempo vendi para outra pessoa que também fez o financiamento e em ambos os casos ela foi aprovada sem problema algum. Era uma casa seminova, mas a avaliação do engenheiro, que eu acompanhei inclusive, foi bastante tranquila e bastou ele observar que a casa estava em boas condições para que fosse aprovada.

 


Veja também

2015-2016 | Financiamento e Construção | Política de Privacidade | Em Jesus nós confiamos