Como é feito o reajuste das prestações de financiamento de imóveis?

Quando compramos uma casa financiada através do programa Minha Casa Minha Vida ou pelo financiamento tradicional de imóveis, como é feito o reajuste das prestações mensais?

 

Compreender o processo de reajuste das prestações de uma etapa importante antes de assinar um contrato de financiamento habitacional, afinal de contas você estará fazendo um compromisso que pode chegar a 35 anos e portanto é um prazo muito longo de compromisso financeiro que você terá todos os meses que pagar. Então para compreender como é feito este processo de reajuste é preciso entender como a Caixa e os demais bancos fazem a amortização da dívida e assim fica mais fácil a compreensão de como valor das prestações oscilam durante esse período.

Exemplo

Imagine que você faça um financiamento de 100 mil reais com prazo de pagamento de 420 meses ou 35 anos. No primeiro mês você tem um saldo devedor de 100 mil reais e a prestação será calculada levando em consideração o saldo devedor que você tem. Então vamos imaginar que você pague 1.000 reais nesta primeira prestação. Neste caso do valor de 1.000 reais que você pagou parte dele foi usado para pagar juros e a outra parte foi usada para fazer amortização da dívida, vamos considerar que 500 reais foi para pagar juros e 500 reais para fazer amortização da dívida. Então no segundo mês o seu saldo devedor é de 99.500, visto que você amortizou 500 reais referente o primeiro pagamento.

A sua segunda prestação não será mais de 1.000 reais, uma vez que o seu saldo devedor diminuiu e com isso haverá também um pequeno abatimento no valor da sua prestação. Quando você paga a segunda prestação acontece tudo de novo, ou seja, parte do valor vai para os juros e parte vai para amortização da dívida, tornando o saldo devedor menor ainda e assim por diante.

Desta forma o valor das prestações é calculado de acordo com saldo devedor que você tem e como este irá diminuir mês a mês, significa que a sua prestação ficar menor mês a mês também até chegar o último pagamento quando o saldo devedor irá zerar.

 


Veja também

2015-2016 | Financiamento e Construção | Política de Privacidade | Em Jesus nós confiamos